Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2068
Título: ADOLESCENTE SEM ADOLESCÊNCIA: REFLEXÕES SOBRE A CONSTRUÇÃO DA SUBJETIVIDADE NO CONTEXTO NEOLIBERAL
Autor(es): VASCONCELOS, Eduardo Mourao
CABALLERO, Alejandro Leon Klein
Palavras-chave: ADOLESCÊNCIA;NEOLIBERALISMO;SUBJETIVIDADE;SUBJETIVAÇÃO
Data do documento: 2006
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
Resumo: ESTA PESQUISA BUSCA, A PARTIR DO CONTEXTO NEOLIBERAL, AS MUDANÇAS QUE SE VERIFICAM NA EXPRESSÃO E CONSTRUÇÃO DA SUBJETIVIDADE DE UMA POPULAÇÃO DE ADOLESCENTES QUE SE CONSULTA NUM SERVIÇO DE SAÚDE MENTAL EM MONTEVIDÉU, URUGUAI (ANOS 1997-1999). MINHA PREOCUPAÇÃO EM TORNO A ESTE TEMA SURGE TANTO DO MEU CAMPO DE TRABALHO COMO PSICÓLOGO ESPECIALIZADO EM ADOSLESCÊNCIA, COMO DO MEU INTERESSEM EM CONTINUAR E APROFUNDAR UMA TEMÁTICA QUE COMECEI A DESENVOLVER DESDE A MINHA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO E OUTROS TRABALHOS, E QUE ACREDITO TER-SE TORNADO IMPERIOSA: INVESTIGAR A INFLUÊNCIA DO CONTEXTO SOCIAL E DA CULTURA NEOLIBERAL NA FORMA COMO SE CONSTITUI E EXPRESSA O ADOLESCENTE. O GRANDE INTERESSE PELA INVESTIGAÇÃO DA INFLUÊNCIA SOCIAL E CULTURAL NEOLIBERAL NO ADOLSECENTE SURGIU A PARTIR DA MINHA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO E A REALIZAÇÃO POSTERIOR DE OUTROS TRABALHOS, APRIMORANDO-SE AO LONGO DA MNHA PRÁTICA COMO PSICÓLOGO ESPECIALIZADO ENO ATENDIMENTO A ESSA POPULAÇÃO. PERCEBO QUE OS ESTUDOS SOCIIAS SOBRE O TEMA NEOLIBERALISMO NÃO PROPORCIONAM UM EXAME MAIS APROFUNDADO SOBRE OS ASPECTOS DA SUBJETIVIDADE, TAL COMO O FAZEM OUTROS ESTUDOS EM OUTRAS ÁREAS DO SABER, OU SEJA, DESDE O NEOLIBERALISMO FALA-SE DA CONSTRUÇÃO DE UMA SUBJETIVIDADE QUE SURGE E SE EXPRESSA DESDE A MODERNIDADE, MAS POUCO SE SABE SOBRE ESSE FENÔMENO, FATO QUE NÃO PODERIA DEIXAR SUAS CONSEQUÊNCIAS .... ESTE TRABALHO DE INVESTIGAÇÃO PROPÕE COMO HIPÓTESE A TESE DE QUE SE PODEM IDENTIFICAR MÚLTIPLOS ENTRELAÇAMENTOS E SUSTENTÁCULOS ENTRE O CONTEXTO SOCIAL E A CONSTRUÇÃO DA SUBJETIVIDADE, ONDE A PRIMEIRA SE FAZ PRESENTE INFLUENCIANDO A SEGUNDA. CHAMO A ATENÇÃO PARA A PERTINÊNCIA NO ESTUDO DAS FIGURAS DE MEDIAÇÃO COMO PONTOS DE ARTICULAÇÃO ENTRE CAMPOS HETEROGÊNEOS, POIS POR MEIO DELES SE ABRE, A MEU VER, UMA PERSPECTIVA DE TRABALHO E PESQUISA TÃO ÁRDUA COMO APAIXONANTE. DESTA MANEIRA INDAGO COMO OS FENÔMENOS SOCIAIS PODEM DEIXAR DE TER INCIDÊNCIA NA CARCTERIZAÇÃO DA SUBJETIVIDADE. O QUE IMPLICA QUE NÃO HÁ UMA SUBJETIVIDADE GERAL E IMUTÁVEL. HÁ SUBJETIVIDADES E PROCESSOS DE SUBJETIVAÇÃO, O QUE TORNA IMPRESCINDÍVEIS INVESTIGAÇÕES QUE DÊEM CONTA DAS MESMAS.
Descrição: ESS
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/2068
Outros identificadores: Doutorado
SERVIÇO SOCIAL
EXCLUSIVO
Aparece nas coleções:Estudos Psicológicos/Psicanalíticos sobre Juventude

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese.pdf1.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador